domingo, 5 de fevereiro de 2012

Uma semana de férias na Praia do Forte

Acabamos de voltar de uma semana de férias na Praia do Forte, próximo a Salvador, com nossos amigos Diogo Meyer e Cibele Masotti e sua filhinha, Clarice. Foi uma semana tão boa que interromperemos a descrição da viagem ao Kruger para fazer algumas postagens sobre esta viagem.

A Praia do Forte oferece uma série de opções muito interessantes, desde mergulho nas piscinas naturais, para visualização de peixes e outras animais, algas etc., até visitas ao Projeto TAMAR, dedicado à conservação de tartarugas marinhas, até passeios marítimos para visualização de baleias jubartes  (Megaptera novaeangliae), esportes radicais, caminhadas em florestas secundárias etc. Trata-se, além disso, de um lugar muito agradável.

Ficamos na Pousada Brasil que, com um outro problema menor (um entupimento no ralo do banheiro, e coisas do gênero), significou uma boa e simpática hospedagem com preços bastante acessíveis.

Nós entramos de fato num clima de férias totais, com a única preocupação sendo pensar qual atividade faríamos no dia seguinte. Isso não somente significou bastante descanso, muito necessário pelo modo como trabalhamos intensamente todo o ano, tanto nós, quanto Diogo e Cibele. Além disso, sem maiores preocupações, pudemos aproveitar bem o clima de amizade das duas famílias, contando ainda, em boa parte dos dias, com a presença de nossos queridos amigos Thierry Lobão e Suani Pinho, o que é garantia de boas risadas e diversão (e uma ou outra conversa sobre nossas pesquisas, :o)

Um dos principais gostos da semana foi curtir a interação com Clarice, a filha de Diogo e Cibele, que, com seus dois anos de idade e inteligência, é diversão garantida. Certas tiradas de Clarice foram marcas da semana, como o sonoro 'NNNNNão' que respondia a quase toda pergunta, mesmo quando ela queria dizer 'sim', ou o seu lindo 'De nnnnovo' quando queria repetir alguma brincadeira da qual gostou, ou suas gargalhadas gostosas ao tomar banho de mar. Aliás, Diogo e Cibele terão de providenciar uma praia em São Paulo, do jeito que Clarice gosta da água do mar... Era sempre muito engraçado quando após embolar com uma onda levantava gargalhando e pedia 'de nnnnovo'. A única exceção foi uma onda mais danada que fez ela se revoltar e sair da praia dizendo 'vou embora'. Quando Diogo conseguiu pegá-la já estava a meio caminho da pousada.

Foram muito bons esses dias na Praia do Forte também para Carol descansar, tomar sol e relaxar aos seis meses da gravidez de nossa primeira filha, Catharina. Da próxima vez que formos à Praia do Forte com Diogo e Cibele já teremos duas crianças, Clarice e Catharina. Que haverá a próxima vez já está certo, já que foram férias tão boas que já estamos planejando os repetecos. Será diversão em dobro com duas crianças.

No mais, foram dias de muita comida boa, com destaque para a Casa da Torre, onde o vinagrete de polvo era uma entrada imperdível, e a Forneria Vila dos Pescadores, onde boa comida e atendimento sempre simpático foram a tônica. Ah, e claro, sorvete, sorvete, sorvete, um dos maiores prazeres da Praia do Forte, com suas boas sorveterias a quilo. Qualidade e variedade.

No primeiro dia, ficamos nas piscinas naturais na própria Praia do Forte, programa repetido no segundo dia. No terceiro, fomos ao Castelo Garcia D'Ávila, também denominado Casa da Torre, que não se pode deixar de visitar ao ir à Praia do Forte. A primeira grande edificação construída pelos Portugueses no Brasil, foi a sede de uma 'pequena' fazenda de 800.000 quilômetros quadrados. No quarto dia, fomos andar pelas trilhas da Reserva da Sapiranga e tomar banho no Rio Pojuca. As trilhas atravessam matas secundárias, muito antropizadas, que não são realmente tão interessantes. O banho no rio, contudo, é bem agradável. No quinto e sexto dia ficamos nas piscinas naturais, mergulhando para ver a fauna e flora dos recifes.

Como não tínhamos máquina para fotografia submarina conosco, identificamos algumas espécies, de memória, usando o seguinte Manual: Sampaio, C. L. S. & Nottingham, M. C. (2008). Guia para Identificação de Peixes Ornamentais Brasileiros, Espécies Marinhas. Brasília: IBAMA. Como identificamos de memória, erros não seriam surpreendentes e podemos registrar apenas uma pequena parte do que vimos:

Murucutucas-oceladas ou mututucas (Myrichthys ocellatus
Sargentos (Abudefduf saxatilis
Donzelas-amarelas (Stegastes variabilis
Bodião-sipica (Halichoeres brasiliensis
Baiacu-pintado (Sphoeroides testudineus)

Vimos também tartarugas cabeçudas (Caretta caretta) nascendo e uma tartaruga cabeçuda desovando. Mas isso foi em saída em campanha noturna com a equipe do TAMAR, à qual dedicaremos uma postagem específica.

Nesta e nas próximas postagens, algumas fotos dessa bela semana de férias.

Abaixo, Carol mostrando a Clarice tartarugas num tanque localizado ao lado do restaurante do Souza, dentro do centro de visitação do TAMAR, onde almoçamos no primeiro dia.


Uma das tartarugas desse tanque. Em vista da importância de sensibilizar as pessoas para a necessidade da conservação, estes animais cumprem papel central na sobrevivência da espécie.


Carol no restaurante do Souza, com tanque de tartarugas ao fundo. Neste dia, comemos um maravilhoso Vermelho na brasa lá (que peixe!)


Diogo e Clarice. A luz estourou um pouco na foto, mas a carinha que Clarice fez é irresistível.



We just came back from a one-week vacation in Praia do Forte, nearby Salvador, with our friends Diogo Meyer and Cibele Masotti and their little daughter, Clarice. It was such a good week that we will interrupt the description of the trip to Kruger to do some postings related to this travel.

Praia do Forte offers a series of very interesting options, from diving at the natural pools in order to see fishes and other animals, algae, etc., to visits to Project TAMAR, devoted to the conservation of sea turtles, to maritime tours to see Humpback Whales (Megaptera novaeangliae), adventure sports, walkings through secondary florests, etc. Moreover, it is a very pleasant place.

We stayed at Pousada Brasil which, with one or another minor problem (a clogged drain in the bathroom, and the like), was a good and friendly hosting, with very accessible rates.

We indeed entered in a feeling of total vacation, with the only worry being what activity we would do in the folllowing day. This meant not only a lot of resting, very needed due to the way we worked intensely the whole year, both us and Diogo and Cibele. Besides, without major worries, we could really enjoy the friendship between the two families, also counting in most of the days with the presence of our dear friends Thierry Lobão and Suani Pinho, a guarantee of good laughs and a good time (with some talks on our researches, :o)

One of the great things of the week was to enjoy the interaction with Clarice, Diogo and Cibele's daughter, who, with her two years of age and intelligence, is guaranteed fun. Some of the hallmarks of the week came from Clarice, such as the 'NNNNNNo' which answered almost every question, even when she intended to say 'yes' or the gorgeous 'AAAAAgain' when she wanted to repeat some play she liked, or the joyful laughters when seabathing. By the way, Diogo and Cibele will have to provide a beach in São Paulo, given the way Clarice likes sea water... It was always very funny when, after being entangled with a wave, she would stand up laughing and ask 'AAAAgain'. The only exception was a more revolted wave which made her protest and leave the beach saying 'I'll go away'. When Diogo managed to reach he, she was half way to the lodging.

These days in Praia do Forte were very good also for Carol to rest, sunbathe and relax at the six months of pregnancy of our first daughter, Catharina. The next time we go to Praia do Forte with Diogo and Cibele we will be with two children, Clarice and Catharina. That there will be a next time is something certain, the vacations were so good that we are already planning the reprises. It will be double fun with the two children.

These were also dats of ver good food, the highlight being the restaurants Casa da Torre, where the octopus vinaigrette was a necessary starter, and Forneria Vila dos Pescadores, where good food and always friendly service were the hallmarks. Ah, and of course, ice cream, ice cream, ice cream, one of the greatest pleasures in Praia do Forte, with its delicious ice cream shops by the pound. Quality and variety.

In the first day, we enjoyed the natural pools in Praia do Forte itself, a program repeated in the second day. In the third, we went to Castelo Garcia D'Ávila, also known as Casa da Torre, which one cannot lose visiting when travelling to Praia do Forte. The first large edification built by the Portuguese in Brazil, it was the main house of a 'small' farm of 800,000 squared kilometers. In the fourth day, we went to walk in the trails of Reserva da Sapiranga and a bath in Pojuca river. The trails cross secondary florests, very disturbed, which are not really that interesting. The bath in the river, however, is very pleasant. In the fifth and sixth days, we stayed in the natural pools, diving to see the reefs fauna and flora.

As we did not have a subaquatic camera with us, we identified some species through our remembrances, using the following guide: Sampaio, C. L. S. & Nottingham, M. C. (2008). Guia para Identificação de Peixes Ornamentais Brasileiros, Espécies Marinhas. Brasília: IBAMA. As we identified by our memories, mistakes would not be surprising, and we can register just a small part of what we saw:

Mututucas (Myrichthys ocellatus
Sergeant Major (Abudefduf saxatilis
Cocoa Damselfish (Stegastes variabilis
Brazilian Wrasse (Halichoeres brasiliensis
Checkered Puffer (Sphoeroides testudineus)

We also saw Loggerhead Sea Turtles (Caretta caretta) being born and nesting. But this happened when we accompanied a TAMAR night campaign, to which we will dedicate a specific posting.

In this and the next postings, some pictures of this nice week of vacations.

The first picture above captures Carol showing Clarice turtles at the tank located besides the Souza restaurant, inside TAMAR visitors centers, where we had lunch in the first day.

The second picture shows one of the turtles in this tank. Due to the importance of raising people's awareness regarding the need of conservation, these animals play a key role in the species survival.

In the third picture, Carol in Souza restaurant, with the turtle tank in the background. In this day, we ate a marvellous Red Snapper there (what a grilled fish!).

In the fourth picture, Diogo and Clarice. Too much light in the picture, but Clarice's gaze was irresistible.

Nenhum comentário:

Postar um comentário